Livros: Queria ver você feliz

Como não poderia deixar de ser eu mesma, vou começar todo e qualquer conteúdo falando sobre algo que amo muito nesta (e em outras) vida: livros. Mais especificamente, do livro Queria ver você feliz, da Adriana Falcão.

14659308_577481039113784_3202299715790045184_n

Enquanto as pessoas nem veem a sugestão de títulos baseados nos últimos visitados, sempre me aventuro por eles e adiciono uma ou outra obra para minha wishlist – não gosto muito desta palavra, mas não existe termo melhor. Em uma destas aventuras, a capa deste livro me saltou aos olhos (sim, em grande maioria, a primeira coisa que vejo em um livro é a capa – shame on me). Assim que abri a página em que essa beleza era vendida e li a sinopse, me apaixonei perdidamente pelo livro e sabia que precisaria comprá-lo. Não naquele dia, não naquele exato segundo, mas em algum momento, eu deveria ter aquele exemplar em minhas mãos.

Demorou uns cinco meses de namoro – quase que diariamente – do livro. E nunca tive a coragem de comprar. Até que, magicamente, a saraiva fez uma promoção de livros da Intríseca e eu juro que não posso ouvir a frase “promoção de livros”. Achei, então, esta edição que queria há tanto tempo por somente R$9,90. Pedi para entregar na loja física e pronto, fui feliz comprando um livro que queria muito por menos de dez reais.

O livro conta a história de amor dos pais da autora, com direito a cartas, bilhetes e telegramas enviados um ao outro. E tudo isso, narrado pelo amor em pessoa – contando segredos de um de seus mais honrosos trabalhos.

14719346_345484655804136_3123772419240624128_n

Honestamente, é um daqueles livros que é impossível sair ileso da leitura. É muito improvável que o leitor não queira sair grifando tudo – ou pelo menos, anotando tudo e qualquer frase linda que esteja lá.

A história em si é meio triste e totalmente fora dos eixos. O início maravilhoso, o meio complicado e um fim inesperado. Recheado por cenas de ciúmes, dramas, momentos felizes e exageros de ambas as partes do relacionamento.

A melhor parte do livro é a narração feita pelo Amor. Sério. As frases e palavras que ele usa para rodear e detalhar a história são tão boas e inspiradoras que dá vontade de sair espalhando elas pelo mundo.

Processed with VSCO with a5 preset

Ah, e somente uma curiosidade: a autora do livro, Adriana Falcão, é roteirista de diversos programas da Globo e é a mãe da cantora Clarice Falcão (mostrando que o talento corre solto nesta família).

Mesmo a história sendo triste, o livro marca – e muito – a sua vida e vale muito a leitura. Depois daquela promoção, achei ele diversas vezes pelo mesmo preço que paguei.

(Espero mesmo que essa seja uma boa pseudo resenha).
Até a próxima!

Giulia

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s