Música: Beirut

Como eu sou eu, vim falar de música. (E obrigada Letícia por me mostrar como colocar vídeos nos posts <3)
Na verdade, a inspiração para esse post veio de um outro que achei em um dos blogs perdidos – famigerados e citados milhares de vezes no post de apresentação.
Nele, eu falava sobre a banda Beirut. Uma banda que não é uma banda, é uma orquestra.beirut3_kristiannasmithA orquestra formada e comandada por Zach Condon inicou-se em 2006. Com diversas pegadas indie folk, eles apresentam diversos instrumentos inusitados para a música atual, como a tumba e o uquelele.
Segundo minha própria descrição no post antigo, “a música deles é bem calma, daquele tipo que te deixa alegre na hora em que você começa a ouvir”.
Eu os descobri há muito tempo atrás, pela minissérie “Capitu”, baseada no livro “Dom Casmurro”, de Machado de Assis, exibida na rede Globo em 2008. A produção cinematográfica era inteiramente embalada pela música “Elephant Gun”, do Beirut.
Depois de anos, descobri a música e o livro que inspiraram a minissérie e me deixaram apaixonada pela história na época em que foi transmitida. E então, passei a procurar mais sobre o livro – o qual se tornou o meu favorito nacional – e sobre a orquestra – a qual fez com que milhares de músicas novas fossem adicionadas às minhas playlist da época (afinal, umas músicas em algum CD ou mp3 perdido por aí, podem ser consideradas partes de uma playlist, certo?).
Desde então, foi só amor pela banda e as descobertas de diversas músicas maravilhosas. Por ser o primeiro post de indicação de bandas, me empolgarei menos e irei apresentar somente quatro músicas (uma para cada álbum deles).


Foi lançada pela primeira vez no álbum The Gulag Orkestar, em 2006, depois no EP, intitulado “The Lon Gisland”, em 2006, e por fim, no EP “Elephant Gun”, em 2007. É a música que me fez ficar apaixonada por eles e nunca mais deixar de amá-los. Ela me traz uma calma instantânea e me faz lembrar de muitas coisas daquela época de playlists no mp3. Juro que gostaria de descrevê-la de maneira melhor, mas não consigo.


Pertencendo ao segundo álbum de estúdio da orquestra, “The Flying Club Cup”, lançado em 2007, Nantes também me traz uma calma imensurável. É a minha favorita do Beirut e por uns meses foi meu user no twitter. Amo tudo nessa música e sem dúvida é uma das favoritas da vida.


Minha música favorita do terceiro álbum deles, “The Rip Tide”, lançado em 2011.


Do último álbum deles, “No No No”, lançado em 2015. Foi a que mais me conquistou desse álbum e sempre danço (aleatoriamente) quando a escuto.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s